segunda-feira, fevereiro 18, 2008

What happens…after dark?


Acabei de ler uma obra absolutamente delirante, After Dark, do autor japonês Haruki Murakami (traduzida directamente do Japonês para Inglês).
A obra desenvolve-se num período temporal de 7 horas, pela madrugada fora, quando se constrói toda uma realidade paralela, plena de histórias que se entrecruzam e se confundem. Vamos acompanhando o pulsar do relógio, o seguimento das horas, dos minutos que, à medida que a narrativa avança, se tornam mais vorazes e somos literalmente devorados pela torrente avassaladora dos acontecimentos.
De facto, a madrugada é habitada por seres estranhos, por estórias surreais que só são possíveis e passíveis de se tornarem realidade nessas horas em que a maioria das pessoas dorme um sono apaziguador e isento de quaisquer problemáticas.
After Dark é uma narrativa una que, no entanto, é constituída por uma série de pequenos contos, alguns que evocam o realismo mágico: há uma bela adormecida da modernidade que não quer acordar; uma prostituta chinesa que é abusada por um cliente que leva uma vida dupla; um encontro (im)provável entre uma rapariga com ares de patinho feio e um músico de jazz que teme passar a fronteira entre a luz e a escuridão…tudo isto em 7 horas que consumimos com sofreguidão.
Como pano de fundo, a fervilhante metrópole de Tóquio e os seus habitantes em trânsito, neste caso os seres da noite, das trevas. E as trevas escondem muitos enredos densos e sempre perturbadores.
Murakami desvenda os fios de que se entretece a escuridão, numa prosa envolta em poesia e em realismo. O resultado é mágico!

4 comentários:

José Rodrigues (JR.) disse...

olá Ana, encontrei seu blog por acaso ao pesquisar no google, mas fiquei contento por te-lo achado, pois voce tem bons e interessantes textos por aqui.
eu criei um blog de poesias recentemente e, aproveitando minha visita no Pechisbeque, deixo aqui o convite para voce, se puder, fazer uma visita no Experimentando Versos:

http://experimentandoversos.blogspot.com

um abraço, JR

Anónimo disse...

Sim senhora...blogue com cara nova! Gostei! as cores dão uma nova vida...

Só quero deixar um beijinho para marcar a mha passagem p aqui, pq sp q posso venho ver as novidades. ja agora este livro parece ser mto interessante...

BEIJITOS mtos de sempre para sempre! Continua...
Di

Anónimo disse...

Sim senhora...blogue com cara nova! Gostei! as cores dão uma nova vida...

Só quero deixar um beijinho para marcar a mha passagem p aqui, pq sp q posso venho ver as novidades. ja agora este livro parece ser mto interessante...

BEIJITOS mtos de sempre para sempre! Continua...
Di

J Alexandre Sartorelli disse...

O livro ficou muito atraente com suas palavras e os outros textos são muito gostosos de ler :o)

Mando um poema para uma artesã da palavra:

Uma palavra basta
E não é aquela.
Uma palavra gasta
Que não se revela.

É tão difícil encontrá-la
E é tão fácil perdê-la.
Eu a tive de tarde
Antes da lua e estrelas.

E se gostou
alexsartorelli.blogspot.com

bjs

Follow my blog with Bloglovin