sexta-feira, julho 25, 2008

"Ich bin Berliner"

Berlim é um ponto crucial no contexto da geoestratégia mundial. Todos os analistas políticos o sabem e Barak Obama não podia deixar de imprimir a sua marca inconfundível nesta metrópole tão decisiva no plano europeu, tão carregada de História e de memórias. O discurso de Barak Obama é notável e denota uma aproximação à Europa, dominada pelo papel determinante do gigante alemão. O périplo internacional de Obama é, por si só, um sinal de abertura e de esperança, num mundo dominado pela ameaça global do terrorismo e de fundamentalismos extremados. Ele é, sem sombra de dúvida, "um cidadão do mundo", como ele próprio se define no início deste discurso, e é de líderes dessa envergadura política e intelectual de que estamos profundamente sedentos.

1 comentário:

Ana M Abrantes disse...

Bem, é também uma jogada estratégica de campanha. Os media dessa semana quase nem se lembravam de McCain, que no mesmo dia foi também a Berlim. Um restaurante "alemão" nos arredores de Columbus, em pleno Ohio... ;-)
Este foi um discurso melhor do que qualquer um de Bush, mas este também não é grande desafio... Obama mostrou que pode aprender a fazer política internacional. Porque os EUA precisam. Mas já mudou de ideias quanto ao petróleo offshore, por exemplo. Quarta-feira começa o countdown de 90 dias para as eleições. Pela frente, muito chão ainda: as duas convenções e três duelos. Mas é o candidato da minha preferência. A ver vamos.
Beijinhos!
AM

Follow my blog with Bloglovin