domingo, outubro 26, 2008

les petits plaisirs


Adoro reencontrar amigos de longa data e as recordações que pontuam todas as conversas, numa doce inevitabilidade. Adoro saber que nada muda, apenas os contornos das vidas, mas que a essência das coisas se perpetua. Adoro estas manhãs solarengas em que posso ter todo o tempo do mundo ao meu dispor, em que percorro os escaparates das livrarias e, irreversivelmente, acabo por comprar mais um livro, delirando com a antecipação do prazer que daí advirá. Parece, todavia, que só ao fim-de-semana podemos fruir daqueles pequenos grandes prazeres que preenchem a existência e lhe conferem tonalidades (sempre) surpreendentes...

Sem comentários:

Follow my blog with Bloglovin