segunda-feira, novembro 17, 2008

Olhares de Londres

Chapéu e luvas Marks & Spencer! My British alter ego!


Natural History Museum

London By Night Sightseeing Tour: 2h30 a bordo de um típico autocarro londrino, com um guia carismático que nos conduz aos grandes ícones da cidade, embalando-nos com o seu discurso pontuado de brilhantes tiradas cómicas, num tom absolutamente impávido e sereno, como é, aliás, apanágio dos súbditos de Sua Majestade;)

Oxford Street com iluminações natalícias
South Kensington

Na senda de Darwin


Na semana passada, estive em Londres, em trabalho, e, apesar de já não ter sido propriamente o impacto do primeiro olhar, sempre mais marcante e denso, nunca deixamos de nos sentir assolados por uma irresistível contradição que une cosmopolitismo e uma peculiar sensação de aconchego.
O tempo livre é invariavelmente escasso e é nessas etéreas fracções de segundo que tentamos absorver um resquício que seja, um olhar para levar bem arrumadinho na mala da(s) memória(s). Desta vez não consegui ir à Waterstone's (só consegui comprar um livro no emblemático Natural History Museum: The Secret Life of The Natural History Museum), porque me perdi provincianamente no Marks & Spencer (mea culpa, mea culpa!) e quando dei pelo tempo, já não havia tempo para mergulhar nesse oceano de livros. Ficam aqui alguns olhares, algumas memórias dignas de registo. Calcorreei os trilhos de Darwin e desembarquei no Museu de História Natural que retrata exemplarmente a evolução das espécies, com especial destaque para a fascinante era dos dinossauros. E o T-Rex ali tão perto...
Follow my blog with Bloglovin