sábado, janeiro 17, 2009

The 11th hour



Num ano em que a temática da recessão domina quase inevitavelmente todas as conversas, criando uma atmosfera de apreensão e extremo pessimismo, parece - ainda mais - urgente reflectir sobre o futuro do planeta Terra e sobre os danos, aparentemente irreparáveis, que o Homem lhe está a causar.
O documentário, produzido e narrado por Leonardo di Caprio, "The 11th hour", muito na senda do filme "An inconvenient truth" com o eterno presidenciável Al Gore, levanta questões pertinentes e urgentes em relação ao rumo catastrófico que o planeta está a seguir. O filme conta com a participação de inúmeros especialistas das mais diversasa áreas científicas que, com os seus relatos objectivos e incisivos, vão preenchendo um intrincado puzzle que se afigura de difícil solução.
É interessante constatar que é essa mesma economia, tão apregoada neste ano que começa, que é a principal causa da destruição maciça dos recursos naturais, num onda avassaladora que não conhece quaisquer limites. Mais curioso é ainda o facto de os especialistas afirmarem que, apesar de o planeta estar profundamente ferido, acabará sempre por encontrar forma de se regenerar. Em relação à perpetuação da espécie humana, as reservas já são bem maiores e não menos preocupantes...
No entanto, o documentário não se confina a um relato fatalista e negro do panorama ambiental da actualidade, apresentando inúmeras soluções, como por exemplo a construção de casas ecologicamente sustentáveis, em perfeito equilíbrio com a Natureza.
De facto, a grande ideia que ressalta de "The 11th hour" é a profunda necessidade de repôr um equilíbrio entre o Homem e a Natureza. Na volúpia alucinada e cega do lucro desmesurado e do progresso pelo progresso, o Homem esqueceu "a" variável mais importante desta complexa equação: a Natureza que acolheu a evolução da espécie humana e que cada vez mais é ferida no seu âmago. Até quando?
É urgente agir, de forma a que a súmula dos pequenos contributos individuais façam a diferença na construção de um futuro sustentável e ecologicamente são.
O site The 11th Hour Action dá imensas ideias! Agir é preciso!

Sem comentários:

Follow my blog with Bloglovin