domingo, março 18, 2012

Da Grécia


"Sei como os economicistas, frequentemente, são alheios à cultura - só vêem o dinheiro e não as pessoas - e talvez alguns não saibam, ou não tenham isso em conta, o que representa a Grécia na cultura ocidental.
Ora, a Grécia não é um país qualquer. Foi o berço da nossa civilização (...) Devemos-lhes a filosofia, a matemática, a ciência, os mitos e as tragédias, a literatura, a democracia, a história e a influência que teve em Roma. Sem a Grécia o império romano não teria sido o mesmo. (...)
Um Povo com este historial - e orgulhoso dele - não pode ser tratado como os mercados especulativos, as troikas e as agências de rating ao serviço do grande capital o têm visto.(...)
Quando os conflitos chegam a este nível, tão baixo e insensato, em que a solidariedade desapareceu, não admira que os Estados não europeus desconfiem da estabilidade europeia e aproveitem para tirar partido da situação. E isso pesa na consciência de todos os europeus. Não só dos Gregos. Pobre Europa! Quem a viu e quem a vê..."
Mário Soares, Revista Visão

Sem comentários:

Follow my blog with Bloglovin