domingo, maio 04, 2014

Dallas Buyers' Club



Gosto de filmes que me revolvam as entranhas e que me acordem para realidades duras - estranhas, é certo - mas não menos verdadeiras.
"Dallas Buyers' Club", filme de produção independente, é um autêntico murro no estômago. Para quem viu o "Philadelphia" há uns anos atrás, na década de 90, e o achou forte, este filme é infinitamente mais contundente. Vai ao cerne da ferida,retratando a árdua realidade dos infectados com HIV e,pior ainda do que este vírus insidioso que destrói o sistema imunitário, o cruel estigma da invariável associação à comunidade homossexual.
Aqui se espelha a luta por uma vida com a maior dignidade possível, quantas vezes um autêntico combate de David contra o Golias do Estado, dos interesses das farmacêuticas que pouco têm a ver com as reais necessidades dos pacientes.
De uma humanidade visceral, este "Dallas Buyers Club" mostra-nos que há sempre uma luz,por mais ténue que seja,na pior escuridão. Mesmo que não seja para a nossa própria redenção. Haverá sempre alguém que irá receber essa esperança com um coração repleto de amor!
Os Oscars, atribuídos aos actores principal - Matthew McCounaghey - e secundário - Jared Leto - não poderiam ser,assim,mais acertados! Representações de suster a respiração, do primeiro ao último segundo!

"Dallas Buyers' Club" (2013)
Realizado por Jean-Marc Vallée

Sem comentários:

Follow my blog with Bloglovin